segunda-feira, 13 de julho de 2015

Dica de Viagem

Durante uma viagem........

Não compare. Não compare nada – nem preços, nem limpeza, nem qualidade de vida, nem meio de transportes, nada! Você não está viajando para provar que vive melhor que os outros – sua procura, na verdade, é saber como os outros vivem o que podem ensinar como se enfrentam com a realidade e com o extraordinário da vida.

Freqüente os bares. Ali, ao contrário dos museus, a vida da cidade se manifesta. Bares não são discotecas, mas lugares aonde o povo vai, toma algo, pensa no tempo, e está sempre disposto a uma conversa. Compre um jornal e deixe-se ficar contemplando o entra-e-sai. Se alguém puxar assunto, por mais bobo que seja, engate a conversa: não se pode julgar a beleza de um caminho olhando apenas sua porta.

Esteja disponível. O melhor guia de turismo é alguém que mora no lugar, conhece tudo, tem orgulho de sua cidade, mas não trabalha em uma agência. Saia pela rua escolha a pessoa com quem deseja conversar, e peça informações (onde fica tal catedral? Onde estão os correios?). Se não der resultado, tente outra – garanto que no final do dia irá encontrar uma excelente companhia.

Boa Viagem!

Continue lendo >>

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

DESTINO TURÍSTICO – BUENOS AIRES

Buenos Aires é a capital e maior cidade da Argentina, além de ser a segunda maior área metropolitana da América do Sul, depois da Grande São Paulo. Ela está localizada na costa ocidental do estuário do Rio da Prata, na costa sudeste do continente. A conurbação da Grande Buenos Aires, que também inclui vários distritos da Província de Buenos Aires, constitui a terceira maior aglomeração urbana da América Latina, com uma população de cerca de 13 milhões de pessoas.

1571982125_40_array
Buenos Aires é uma das 20 maiores cidades do mundo. Ao lado da Cidade do México e de São Paulo A Argentina tem a terceira melhor qualidade de vida na América Latina. A qualidade de vida na cidade de Buenos Aires é classificada como sendo a 81ª melhor do mundo, sendo que sua renda per capita está entre as três mais altas da região. A capital argentina é uma das mais importantes e mais populosas entre as capitais sul-americanas.

Sail-Boat-Sailing-Sea-Sunset-Puerto-Madero-Yacht-Club-Buenos-Aires-626669
Buenos Aires é um dos mais importantes destinos turísticos do mundo, é conhecida por sua arquitetura de estilo europeu e por sua rica vida cultural, com a maior concentração de teatros do mundo.
A cidade conta com o Aeroporto Internacional de Ezeiza (situado a 35 quilômetros da cidade) e com um aeroporto doméstico, o Aeroparque Jorge Newbery. É servida pelo terminal rodoviário de Retiro, de onde partem e chegam linhas de ônibus para todas as regiões do país e para cidades do Chile, Peru, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Brasil. Conta ainda com ferry-boats que a conectam com as cidades de Colônia do Sacramento e Montevidéu, no vizinho Uruguai.

Caminito-La-Boca
Fica a 1630 quilômetros ao norte de outro importante destino turístico argentino, a cidade de Bariloche. Os shows de tango são um dos principais atrativos da cidade, até porque constituem uma das características mais afamadas da cultura argentina. São muitas as casas de espetáculos que apresentam shows variados de dança e música, muito procurados por quem faz turismo na cidade.

taste_buenosaires_top10_f_002

Hospedagem

Waldorf Hotel: Localizado próximo a Plaza de San Martín. (www.waldorf-hotel.com.ar/castellano).

Waldorf Hotel Aspen Towers: Localizado no coração de Buenos Aires (www.aspentowers.com.ar/).

Aspen TowersRochester Classic: Localizado a metros da Calle Florida (www.rochester-hotel.com.ar/pt/classic/).

Rochester Classic

Hotel Park Tower: Localizado a alguns passos da Plaza San Martín (www.parktower.com.br/).

Hotel Park Towes

Atrativos Turísticos

Trem de La Costa: Passeio completo pela zona residencial do circuito norte e grande Buenos Aires.

Trem de La Costa Show de Tango: Visita a uma casa de tango ou tanguerías. A principal é a Senõr Tango.
Senhor Tango. Show e Jantar. Espectáculo em Buenos Aires

Montevidéu Por Um Dia: Conheça a capital do Uruguai, tour em Montevidéu.

Plaza de Mayo: Fundada em 1580 é a praça mais antiga de Buenos Aires. É circundada por importantes edifícios.

Plaza de MayoCalle Florida: Conhecida por ter grande concentração de instituições financeiras e lojas. Onde se encontra a Galeria Pacifico, com algumas das melhores lojas da cidade.

images (1)Avenida de Mayo: Localizada entre a Plaza de Mayo e a Plaza Del Congresso. Destaque para o Café Tortoni.

Avenida de MayoAvenida Corrientes: Concentra a maior parte dos cinemas, teatros, livrarias e casas de espetáculos.

Avenida CorrientesPlaza de La Republica (Obeliscos): Entre a Av. 9 de Julio e Corrientes, a mais famosa da cidade. Abriga o obelisco de 67 metros de altura inaugurado em 1936 em comemoração dos 400 anos da cidade.

Plaza de La Republica

Casa Rosada: Sede do governo argentino. Em frente a Plaza de Mayo.

Casa RosadaPlaza Del Congreso: Concentra alguns dos principais edifícios públicos e monumentos, sede do governo e a mais famosa fonte da cidade.

plaza_congreso

Um abraço e até o próximo post!

Continue lendo >>

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

DESTINO TURÍSTICO – SERRA GAUCHA

Prepare-se para se apaixonar pela Serra Gaúcha. Essa é uma região que desperta a atenção de milhares de turistas em qualquer época do ano. Charme, romantismo e a receptividade do povo gaúcho.

A Serra Gaúcha é um acidente geográfico no nordeste do estado do Rio Grande do Sul, no Brasil. Apresenta características socioculturais específicas, como acentuada influência alemã e também italiana, grande produção de uvas e vinho e desenvolvida indústria turística.

Num estado predominantemente plano como é o Rio Grande do Sul, a Serra Gaúcha é o principal acidente geográfico, com altitudes moderadamente altas, de até cerca de 1 300 metros.

gramado1A região das Serras tem como principais e maiores cidades Caxias do Sul,Farroupilha, Gramado, Canela, Vacaria, Nova Petrópolis, Bento Gonçalves, Carlos Barbosa,Garibaldi, São Francisco de Paula, Antônio Prado, Nova Roma do Sul, Nova Prata, Veranópolis, Bom Jesus, Flores da Cunha, Nova Pádua, São Domingos do Sul, Nova Bassano, Paraí e Nova Araçá, Guaporé, Cotiporã, São Valentim do Sul, Dois Lajeados,Serafina Corrêa, dentre outras.

images

Por estar localizada numa zona temperada do Brasil, seu clima é oceânico, com invernos moderadamente frios, verões amenos e chuvas regularmente distribuídas ao longo do ano. Durante o inverno, as temperaturas, com relativa frequência, ficam negativas e, eventualmente, podem ocorrer precipitações de neve, embora as nevadas com acumulações no solo sejam muito raras. Fortes geadas, contudo, são frequentes.

nova-petropolis-jardim-da-serra-gaucha (1)

As Serras Gaúchas tornaram-se um polo turístico, atraindo milhares de pessoas todos os anos. A maior parte dos turistas chegam no inverno, à procura do clima frio, raro de se encontrar no Brasil. Além do clima, a região possui belas paisagens, formadas por cânions, cascatas e mata de araucária. Existem passeios diversos, como o Mini Mundo, a "Casa do Papai Noel", o Vale dos Vinhedos etc. No final do ano, as cidades se iluminam para receber o Natal. Além disso, a gastronomia da região é muito rica. A sua cultura europeia herdada de imigrantes alemães e italianos recriaram um pedaço da Europa em terras gaúchas. GRAMADO-RS

Hospedagem

• Pousada Belluno: Localizada no centro de Gramado a um quarteirão da Igreja Matriz. http://www.pousadabelluno.com.br/

POUSADA BELLUNO

• Hotel Toscana Gramado: Localizado 100 metros do centro da cidade. Em frente ao Vale do Quilombo. www.hoteltoscana.com.br

TOSCANA GRAMADO
• Estalagem St. Hubertus: Localizada a 2 km do centro da cidade de Gramado em frente ao Lago Negro. www.sthubertus.com/

sthubertus

• Hotel Casa da Montanha: Localizado no centro de Gramado, apenas duas quadras do palácio dos festivais. www.casadamontanha.com.br

hotel-casa-da-montanha

• Hote Alta Vista By Tissiani: Localizado em gramado e decorado em estilo alemão. www.tissianicanela.com.br


www.tissianicanela.com.br

• Serrano Resort E SPA: Localizado a uma quadra do centro de Gramado. www.gjphotels.com/hotel/

SERRANO RESORT Um abraço e até o próximo post!

Continue lendo >>

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

DESTINO TURÍSTICO – NATAL A CIDADE DO SOL

Os 400 quilômetros de costa de Natal e arredores, emoldurados por dunas, recifes, falésias e piscinas naturais, fazem da capital do Rio Grande do Norte um dos destinos mais procurados do país.

Natal-rede-hoteleira

Natal foi fundada pelos portugueses no século 16, com a construção do Forte dos Reis Magos. A fortaleza, com formato semelhante ao de uma estrela de cinco pontas, é um dos principais cartões-postais da cidade. Além de guardar canhões e muitas histórias, descortina uma bela vista das praias urbanas da capital potiguar.

GENIPABÚ 20

A mais procurada é Ponta Negra, concorrida durante o dia em função de seus quiosques; e badalada quando o sol se põe por reunir alguns dos melhores bares e restaurantes locais.

A primeira providência é alugar um carro - de preferência um buggy, o meio de transporte oficial para circular pela capital e arredores. Seguindo para o litoral Norte, os destaques são as dunas de Genipabu e as lagoas de Jacumã e Pitangui, onde são praticados o esquibunda e o aerobunda.

praia-ponta-negra-natal

Ao Sul, as tranquilas praias da região levam à vila de Pipa, a 90 quilômetros.

Hospedagem

Holiday inn Express Natal: A 300 m da Praia de Ponta Negra.

Hotel Costa do Atlântico: 200 metros da Praia de Ponta Negra.

hotel-costa-do-atlantico

Parque da Costeira: Localizado a 5 minutos da Praia dos Artistas.

Ocean Palace Beach Resort: Localizado de frente para o mar na via costeira.

images

Principais Passeios

Praia da Pipa: A mais famosa praia potiguar. Ponto de encontro de jovens e artistas.

Litoral Sul: Passeio de barco as piscinas naturais. Visita a praia de Pirangi do Norte e do Sul e de Camurupim.

Cópia (2) de Lagoa nas Dunas

Bahia de Formosa: Próxima a maior reserva ecológica da Mata Atlântica do nordeste.

Genipabu: Dunas moveis, passeios de buggy.

Barra do Rio: Pitangui e Jacumã, continuação de Genipabu. Lagoa de Pitangui. Jacumã tem a bela Lagoa de Jacumã.

praia-de-maracajau-02[1]

Caraúbas e Maracajaú: Águas claras. Piscinas naturais cheia de corais, ideal para mergulhos.

São Miguel do Gostoso: Conjunto de 15 praias com dunas e coqueiros gigantes.

images (1)

Barreira do Inferno: Base de lançamento de foguetes.

Principais Praias

· Urbanas

Ponta Negra

· Litoral Sul

Pirangui do Sul

Barra de Tabatinga

BARRA DE TABATINGA

Pirangi do Norte

Búzios

Cotovelo

· Litoral Norte

Genipabu

Maracajaú

Jacumã

download

Maxaranguape

Pitangui

Redinha

Um abraço e até o próximo post!

Continue lendo >>

COMANDOS GDS - SABRE

GDS são sistemas cuja função é a intermediação eletrônica, como meio de comunicação, entre as agências de viagens e as companhias aéreas, hotéis, locadoras de veículos, operadoras, entre outros fornecedores de serviços turísticos.

Esses sistemas oferecem de maneira prática a realização de reservas e emissões de todos os produtos e serviços do setor turístico. Facilitando a venda para a agência de viagens.

Atualmente existem três principais GDS no mundo:

  • Amadeus;

  • Sabre Holdings;

  • TravelPort (fruto da fusão do Galileo e WorldSpan);

    GDS

Esses GDS foram e ainda são úteis para as agências de viagens, mas vêm perdendo força para sistemas de distribuição na internet a partir de sistemas com o uso de tecnologia de webservices que outras empresas e os próprios GDS vêm desenvolvendo, além da disponibilidade do site dos próprios fornecedores.

Algumas empresas fornecem de uma maneira prática, rápida e eficiente o conteúdo disponibilizado dos GDS, fornecedores e agregadores de conteúdos turísticos facilitando e muito a vida não só dos agentes de viagem bem como do próprio turista.

A seguir listei alguns dos principais comandos do GDS – SABRE:

Hotel_GDS_media_2

COMANDO PARA BUSCAR VÔOS

119SEPBHZNYC

· 1 = Comando;

· 19SEP = Data do voo;

· BHZNYC = Trecho (BH / Nova York).

COMANDO PARA BUSCAR VÔOS POR CIAS

119SEPCNFJFK¤AA

· 1 = Comando;

· 19SEP = Data do voo;

· BHZJFK= Trecho (BH / John F.Kennedy);

· ¤ (Change) = Comando;

· AA = Cia aérea.

COMANDO PARA BUSCAR ASSENTOS

02Y7*

· 0 = Comando;

· 2 = Quantidades de lugares;

· Y = Classe;

· 7 = nº da linha;

· = Comando (busca o trecho completo).

COMANDO PARA TARIFAR COM A MENOR TARIFA DISPONIVEL

WPNCB

COMANDO PARA TARIFAR ADULTOS, CRIANÇAS E INFANT

WPP1ADT/1CNN/1INF

· WPP = Comando;

· 1ADT = Quantidade de ADT;

· 1CNN = Quantidade de CHD;

· 1INF = Quantidade de INF.

COMANDO PARA NOMEAR RESERVA

-SANTOS/PAULO MR

· - = Comando item nominal;

· Santos = Último sobrenome;

· Paulo = Primeiro nome;

· MR/MRS = Forma de tratamento.

COMANDO PARA ASSINAR A RESERVA

6NOMEDOAGENTE

· 6 = Comando

· NOMEDOAGENTE = Nome do agente

COMANDO PARA CONFIRMAR E CONCLUIR A RESERVA

· ER

COMANDO PARA MARCAR ASSENTOS

4G1*

· 4G = Comando

· 1* =Número da Linha

COMANDOS E TECLAS DE ATALHO

A* = Mostra tudo que já foi confirmado;

I = Ignora o processo;

1*C = Mostra todas as classes;

É obvio que esses são apenas uma amostra dos comandos do GDS – SABRE, no site oficial http://pt.la.sabretravelnetwork.com/home/ é possível encontrar todos os demais.

Um abraço e até o próximo post!

Continue lendo >>

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

GLOBALIZAÇÃO: A DESTRUIÇÃO PELO TURISMO

Por Claude Llena

Um dos oásis mais célebres do mundo, Tozeur teve seu frágil equilíbrio econômico, ecológico e social praticamente rompido, quando o governo passou a dar prioridade ao turismo internacional, que também traz consigo o fascínio pelo mundo ocidental

Tozeur_4752

Tozeur é uma cidadezinha da Tunísia, na fronteira da Argélia e ao nordeste do Saara. Irrigada por 200 fontes, é também um dos oásis mais celebres do mundo. Ele abriga uma esplendida plantação de palmeiras de mais de 1000 hectares com 400000 árvores. Um espaço que contem o verde, as dunas e o deserto de pedras. Há gerações as palmeiras alimentam os seres humanos que aí vivem, esses Homo situs1 integrados à biota do território. 2 A produção das hortas (saladas, verduras, cenouras, bananas, tâmaras...) garante o equilíbrio alimentar da população sedentária. A organização agrícola baseada na utilização racional da água permite uma produção importante de víveres.

Desde o século XIV, o plano de irrigação de origem árabe assegura uma repartição da água medida por uma ampulheta hidráulica. Todos têm acesso gratuito à água que percorre todas as parcelas graças a uma engenhosa rede de irrigação. Os conflitos inerentes as irrigações são regulamentados por um tribunal popular soberano que garante o equilíbrio social de uma população auto-suficiente quanto à alimentação. Todos participam dessa organização que oferece ao grupo os meios para sua reprodução. Porém, esse frágil equilíbrio econômico e social seria quase que rompido, no inicio dos anos 90, período no qual o governo dá prioridade ao turismo internacional.

cascade

Ele financia a construção de um aeroporto internacional em Tozeur para desobstruir o litoral super populado do Mediterrâneo. Uma dúzia de Hotéis de primeira classe, aparece para atrair turistas do mundo inteiro que compram seus pacotes-turísticos. Tudo está garantido pela operadora de turismo, desde a festa berbere à noite, com músicos que imitam os típicos grupos do folclore, até o passeio de algumas horas montados em dromedários. Sem nenhum contato com a população local, os visitantes participam desse apartheid turístico próximo de um mundo esquizofrênico onde os poucos contatos feitos são de origem comercial.

Degradação do palmeiral


"Aquele que viaja sem reencontrar o outro não viaja, ele se desloca". Ele leva consigo suas representações do mundo e volta com as mesmas ideias

E isso não permite, em nenhum momento, que os dois mundos se entendam ou partilhem as mesmas preocupações. Isolados na sua relação social com o consumo, os visitantes consomem água sem moderação: as perfurações para a irrigação, os jardins, os gramados e a canalização para a água potável garantem o abastecimento reservado aos turistas. "Aquele que viaja sem reencontrar o outro não viaja, ele se desloca" 3. Ele leva consigo suas representações do mundo e volta com as mesmas ideias reforçadas pela experiência pois ele não soube se enriquecer ao contato da cultura dos povos autóctones.

E assim, levando em conta a fragilidade do regime de chuvas e o aumento geral da média das temperaturas anuais, a situação dos agricultores da plantação de palmeiras caminhou para uma forte degradação. Controlada historicamente de maneira razoável, a água se tornou um bem como os outros. "Aquele que pode pagar consegue o produto". Ao se transformar em mercadoria essa substância abundante se tornou rara. Agora, para a irrigação da plantação de palmeiras se paga 150 euros por hectare durante um ano para molhar uma vez por semana. Com esse preço poucos agricultores puderam sobreviver. Progressivamente, os trabalhadores do oásis deixam o trabalho nos campos para trabalhar nas atividades ligadas ao turismo. Passam rapidamente da lógica do Hommo situs àquela do Hommo economicus, dando as costas a séculos de vida em seu território.

images

E isto não deixará de ter consequências sobre as pessoas mais frágeis da comunidade, isto é, os mais jovens. Alguns encontrarão emprego fixo, com um contrato de tempo indeterminado nos hotéis e nas operadoras de turismo da vila. A grande maioria encontrará trabalho mais flexível, com contratos de tempo determinado ou temporários, e serve de reserva de mão-de-obra para as necessidades do turismo. Ora, depois do 11 de setembro de 2001 este setor da economia está em crise. Com uma taxa de desemprego de mais de 40%, toda a região está agora dependendo do exterior.

Fascínio Pelo Mundo Ocidental


A referência passa a ser o modelo ocidental. O turismo de massa gera necessidades que a produção local não pode satisfazer e os jovens cultivam o sonho da imigração

Em primeiro lugar, vejamos aquilo que se refere à alimentação. Os legumes chegam todos os domingos do exterior: eles são cultivados em zona de alta produtividade, onde o equilíbrio ecológico e social está abalado mas com custos de produção inferiores aos da zona da plantação de palmeiras. O cálculo e a filosofia em termos de custos se impuseram à capacidade de auto- organização dos povos da plantação de palmeiras. 4 O economicismo larval desestabilizou o frágil equilíbrio do território.

tozeur

Em seguida, vejamos aquilo que se refere às finanças. Face à falta de liquidez, a economia do setor turístico permanece a única fonte de rendas monetárias. Mas essa atividade depende do contexto internacional. É verdade que o mito do deserto, alimentado pela mídia, tem um certo sucesso. Entretanto, mesmo os preços atrativos desses últimos tempos não podem afastar o medo do terrorismo. E finalmente, vejamos aquilo que se refere ao campo da cultura. A referência passa a ser o modelo ocidental. O turismo de massa gera necessidades que a produção local não pode satisfazer. Os jovens cultivam a ilusão de que a imigração possa ser uma saída para a sua frustração5 e para isso estão dispostos a vender a alma para conseguir uma moeda, uns objetos ou até um endereço... Esse tipo de relação marca a recepção, a acolhida tradicional. Ahmed, velho escrivão público da vila é testemunho disso:

"Há alguns anos, os jovens faziam um certo esforço para respeitar a tradição... Mas agora, essa juventude nos deixa desesperados. Eles não querem mais trabalhar na terra de seus ancestrais preferem se perverter em contato com os grupos de turistas. Procuram dinheiro e não amizade: são duas coisas diferentes. O muçulmano deve acolher o estrangeiro e dividir com ele aquilo que de melhor possua. - Vocês não tentaram lhes ensinar, mostrar os valores do povo tunisiano? - Claro que sim, mas eles estão fascinados pelo mundo ocidental....".

Avanço do Deserto


A profanação física e moral é simbolizada pelo avanço do deserto sobre a plantação de palmeiras.Só 25% das terras são cultivadas e numerosas palmeiras morrem

A minoria rica e o capital do turismo do Norte rapidamente se apoderaram desta renda do setor de turismo em detrimento da população local. Pior que isso é o fato do turismo ser visto como a única solução para o possível desenvolvimento da região. O vetor principal dessa pretensa colonização é o mito do desenvolvimento e do Ocidente. "Antes eu trabalhava com meu pai na plantação de palmeiras, declara Bechir, 20 anos, sentado em um banco na espera de turistas. Mas o trabalho era duro. E muitas vezes, apesar do nosso esforço, não conseguíamos levar para casa o dinheiro necessário para a nossa família.Com o turismo, não há mais lugar para a agricultura aqui em Tozeur. O trabalho que faziam nossos ancestrais, nós não estamos mais dispostos a fazer. Preferimos trabalhar com os turistas." - Mas, e se os turistas não aparecerem? "Tudo bem, vamos esperar que eles cheguem... A situação vai acabar melhorando!".

tozeur-dar-nejma-326510_1000_560

Esta profanação física e moral é simbolizada pelo avanço do deserto sobre a plantação de palmeiras.Só 25% das terras são cultivadas e numerosas palmeiras morrem por falta de irrigação e cuidados. A plantação serve de receptáculo para garrafas de plástico de água mineral - resíduo material e derrisório da profanação turística. E além disso, depois do ano passado, um canteiro de obras faraônico para instalar em pleno deserto um campo de golfe desfigura os arredores do palmeiral. Como fazer crescer a grama quando faz 50o C à sombra durante a metade do ano? Esta é a aposta feita por essa construção que vai perfurar o lençol freático para manter o gramado plantado em pleno deserto. Pode-se pensar portanto que o pior ainda está por vir....

Venda da Alma e Do Palmeiral


Os projetos de desenvolvimento viram as costas à tradição para impor uma indústria do turismo a serviço dos ocidentais e de uma minoria rica que poderá jogar golfe sob as palmeiras

Eis como uma região, outrora auto- suficiente em termos de alimentação, orgulhosa de sua cultura e de sua identidade entrega a uma minoria a tarefa de organizar seu presente e seu futuro. Os projetos de desenvolvimento viram as costas à tradição para impor uma indústria hoteleira e turista a serviço dos ocidentais e de uma minoria rica que poderão jogar golfe sob as palmeiras... 6 Prazer obsceno e derrisório que é contraditório com o frágil equilíbrio ecológico e social da população local.

Esperando os turistas e apesar dos preceitos fundamentais do Islã, uma parte desta população desestruturada se entrega à bebida alcoólica para esquecer que ela vendeu sua alma e seu palmeiral. Aliás, é no próprio palmeiral que se reúnem para beber, protegidos dos olhares, na frescura da sombra das palmeiras e, talvez também, de maneira simbólica para honrar aquilo que era o orgulho e depois desencanto, 7 dos povos da região.

TozeurResort621_09

(Trad.: Celeste Marcondes)

1 - Como sugere a teoria dos sítios, o Homo situs é um individuo que avalia e se adapta, com os meios do grupo, às situações as quais é confrontado. Ele é um elemento da biota do território, ele não procura de forma alguma domina-ló mas simplesmente aí sobreviver. É também um homem social, pensante e agente. Ler Hassan Zaoual - Territórios e dinâmicas econômicas, da editora L’ Harmattan, Paris, 1998.
2 - O território, no sentido dado por Roger Brunet em seu livro O território nas turbulências, editora Belin, Paris, 1999. "O território (...) é um espaço apropriado (...). Leia-se apropriado nos dois sentidos": próprio para si e próprio para qualquer coisa".
3 - Frase de Alexandra David-Neel, francesa conhecida por ter viajado muito no século XX.
4 - Ler o relatório dos encontros regionais "Autoprodução e desenvolvimento social" que foram realizados em Marseille em 5 de outubro de 2000. E em particular a intervenção de Guy Roustang: "Reconhecer a importância da autoprodução".
5 - Ler Pierre Vermeren, "Os marroquinos sonham com a Europa", Le Monde Diplomatique, de junho de 2002.
6 - Samir Amin fala da burguesia nativa em "Mais além do capitalismo senil", PUF, Paris, 2002. E para explicar essa dominaç

Um abraço e até o próximo post!

Continue lendo >>

  ©TURISMO CRIATIVO - Todos os direitos reservados.